Cada caso é diferente e depende da gravidade das condições do paciente.

Após a realização da primeira sessão deverá sentir logo melhorias, mas para atingir resultados duradouros é fortemente recomendada a realização de um conjunto de tratamentos.

Baseados na experiência, os especialistas recomendam:

• Para casos crónicos do foro respiratório e dermatológico, tais como asma, bronquite, sinusite, alergias fortes e psoríase, devem ser completadas 12 a 25 sessões num intervalo de 4 a 8 semanas, devendo as primeiras sessões ser efectuadas com um intervalo máximo de 2 a 3 dias  (pela observação efectuada, a maioria dos especialistas não considera necessária a realização de sessões diárias).

• Para problemas moderados, tais como resfriados, constipações, gripes, infecções dos ouvidos, ou outros desconfortos respiratórios tais como alergias ligeiras, rinites, devem ser realizadas 3 a 8 sessões num intervalo de 1 a 2 semanas.

A Haloterapia é mais eficaz sempre que sejam efectuadas pelo menos 2 sessões por semana.  Não existe um limite máximo para o número de sessões a realizar, podendo realizar tantas quantas desejar.